Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IBS reduz projeções de produção e vendas no ano

O Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS) revisou para baixo suas projeções de produção e vendas internas para este ano. A produção estimada para 2008 agora é de 36,275 milhões de toneladas, com aumento de 7,4% sobre o ano passado.

Agência Estado |

A estimativa anterior, de maio, era de que a produção alcançasse 37,637 milhões de toneladas este ano, o que representaria alta de 11,4% sobre o ano passado. A projeção para as vendas internas atual é de aumento de 12,5% sobre 2007, para 23,124 milhões de toneladas. A anterior era de que o aumento seria de 13,1%, para 23,248 milhões de toneladas.

O presidente do IBS, Flávio Roberto de Azevedo, minimizou a importância das revisões. "Estamos extremamente satisfeitos com o primeiro semestre, com o que estamos vendo para este ano e para o ano que vem. As revisões não são significativas, são de planejamento interno das empresas", afirmou.

De acordo com ele, o setor está confiante que o crescimento da economia brasileira é sustentável. "Se passarmos de um ritmo de crescimento de 5,8% do PIB (Produto Interno Bruto) no primeiro semestre para 5% no segundo semestre, isso não é uma desaceleração, é uma certa arrumação da casa para o crescimento sustentado", afirmou.

Ele observou que os programas de investimento da Petrobras, tanto no setor naval quanto na parte de petróleo e o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) estão em andamento e são importantes para a indústria siderúrgica. De acordo com ele, os programas da Petrobras estão tendo ascensão e são tratados pelo setor inclusive com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. "O planejamento é exemplar e a visão é a mais pró-ativa possível", disse ele sobre as conversas com o governo a respeito dos investimentos da Petrobras.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG