Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ibovespa sobe mais de 4%, com construção e bancos

A Bovespa tenta hoje marcar a quarta sessão consecutiva de alta. Às 16h14, o Ibovespa mostrava ganho de 4,24%, aos 40.

Agência Estado |

341 pontos, seu melhor desempenho no dia até o horário. Sobressaem-se em alta nesta jornada papéis de grandes construtoras e bancos.

Dentre as construtoras, Gafisa ON liderava as altas do Ibovespa, com ganho de 14,40%, seguida por Cyrela ON, com +11,72%. Rossi Residencial ON subia 7,48%. De acordo com um analista, a notícia de que o pacote de estímulo que o governo prepara para o setor pode reduzir a zero as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos materiais de construção, e cortar de 7% para 6% a alíquota incidente sobre o patrimônio de afetação das construtoras, estimula compras.

Papéis do setor financeiro também se destacam em alta nesta quarta-feira, acompanhando movimento do setor nas Bolsas ao redor do mundo. Lá fora, impulsiona as ações de bancos a notícia de que o governo de Barack Obama está perto de constituir uma instituição que absorverá os ativos podres ou de baixa liquidez, batizada por enquanto de "banco ruim". Por aqui, Bradesco PN ganhava 4,15%, Itaú PN avançava 6,36%, Unibanco Unit mostrava alta de 6,90% e Banco do Brasil ON, de 2,86%. Ainda no setor financeiro, BM&FBovespa ganhava 6,64%.

Vale ON mostrava ganho de 6,07% e Vale PNA subia 5,80%, diante dos rumores de que as negociações para o preço do minério de ferro neste ano poderão ser melhores do que o vislumbrado inicialmente. Essa explicação para a alta dos papéis, contudo, divide opiniões. Para um operador, a trajetória de alta dos metais, nesta sessão, beneficia o papel pontualmente. "Não há nada certo sobre as negociações para o preço do minério."

Petrobras PN ganhava 5,44% e Petrobras ON, 7,72%, a despeito da recepção inicialmente negativa ao plano de negócios da estatal para o período de 2009 a 2013. "Petrobras está subindo hoje porque tem peso no índice e o Ibovespa está em alta. O índice arrasta o papel", disse um operador. O petróleo negociado em Nova York cedia 0,05% no pregão eletrônico, aos US$ 41,56 por barril.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG