Tamanho do texto

SÃO PAULO - Em cerca de uma hora de negócios, o Ibovespa inverteu a trajetória e passou a operar em alta, seguindo o mercado americano. A virada das bolsas aconteceu depois de divulgação de dados do setor imobiliário dos Estados Unidos.

SÃO PAULO - Em cerca de uma hora de negócios, o Ibovespa inverteu a trajetória e passou a operar em alta, seguindo o mercado americano. A virada das bolsas aconteceu depois de divulgação de dados do setor imobiliário dos Estados Unidos. O Departamento do Comércio americano mostrou que as vendas de casas novas no país avançaram 26,9% em março, para uma taxa anualizada ajustada sazonalmente de 411 mil unidades. Em fevereiro, a marca apurada ficou em 324 mil residências. Na comparação com março de 2009, o indicador registrou ampliação de 23,8%. Há pouco, o Ibovespa subia 0,26%, aos 69.566 pontos, com giro financeiro de R$ 1,268 bilhão. Já o índice futuro avançava 0,22%, aos 70.255 pontos. Em Wall Street, o índice Dow Jones tinha alta de 0,26%, enquanto o S & P 500 apresentava elevação de 0,23% e o Nasdaq subia 0,15%. Os dados do mercado imobiliário americano contrastam com o resultado fraco das encomendas de bens duráveis no país, que recuaram 1,3% em março. O resultado sucedeu três meses consecutivos de avanços, incluindo uma alta de 1,1% em fevereiro. O pregão do encerramento desta semana está movimentado no cenário externo. O foco das atenções está na Grécia, que pediu a ativação do plano de resgate acertado entre líderes europeus e o Fundo Monetário Internacional (FMI) para tirar o país da crise da dívida. No cenário corporativo brasileiro, os agentes avaliam os dividendos e a última parcela dos Juros sobre o Capital Próprio (JCP) que serão pagos pela Petrobras. De acordo com comunicado divulgado pela estatal, os acionistas detentores de ações ordinárias ou preferenciais na data base de 22 de abril de 2010 terão direito a este pagamento, no valor de R$ 0,12 por ação de juros sobre capital próprio e R$ 0,13 por ação de dividendos. Estes valores, com as devidas atualizações até a data de hoje, representam R$ 0,1201 e R$ 0,1332 respectivamente. Há pouco, os papéis PN da Petrobras subiam 0,59%, a R$ 33,80, enquanto as ações PNA da Vale caíam 0,06%, a R$ 49,66. Entre as maiores altas do índice, estavam os papéis PN da Klabin, com ganhos de 1,72%, a R$ 5,31, seguidos pelas ações PN da Gerdau, com apreciação de 1,58%, a R$ 30,16, e PN da Gerdau Metalúrgica, com valorização de 1,46%, para R$ 36,63. A Gerdau disse ontem que está avaliando a possibilidade de participar do consórcio vencedor do leilão da usina hidrelétrica de Belo Monte. Segundo a siderúrgica, a decisão será tomada somente depois que a companhia tiver acesso às informações detalhadas do empreendimento. Já os papéis ON da TIM Participações lideravam as perdas do Ibovespa, ao recuar 1,28%, para R$ 6,17, enquanto as ações Redecard ON cediam 1,09%, a R$ 28,90, e Telesp PN caía 0,63%, a R$ 34,68. No mercado de câmbio, o dólar opera com volatilidade na sessão desta sexta-feira. Há pouco, a moeda americana declinava 0,11%, a R$ 1,763, enquanto o dólar futuro tinha baixa de 0,14%, a R$ 1,7645. (Beatriz Cutait | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.