Tamanho do texto

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, passa por um dia de oscilações entre pequenas altas e baixas. O dia é de poucos negócios, com os investidores americanos ausentes devido ao feriado do Dia de Ação de Graças, comemorado hoje nos Estados Unidos.

As ações preferenciais da Petrobras, com folga as mais negociadas do dia, registram desvalorização, pesando sobre o índice.

Às 14h33, o Ibovespa cedia 0,57%, aos 36.262 pontos, depois de já ter oscilado entre uma alta de 0,95% e uma queda de 0,97%. Sem o parâmetro das Bolsas de Nova York, que muitas vezes indicam um rumo para o Ibovespa, e com a queda dos papéis da Petrobras, a Bolsa brasileira pode passar o restante da tarde em realização de lucros, com os investidores embolsando parte dos ganhos de 16,7% acumulados nos últimos três dias - a última vez que o índice fechou em baixa foi na sexta-feira passada.

Por volta do horário citado, Petrobras PN, que havia movimentado R$ 190 milhões, recuava 1,80%, a R$ 20,15. Petrobras ON perdia 2,15%, a R$ 23,70. O petróleo caía 0,99% no pregão eletrônico da Bolsa Mercantil de Nova York (o viva-voz não funciona hoje, devido ao feriado), cotado a US$ 53,90 por barril. Vale PNA, segunda ação mais negociada do dia (R$ 99 milhões), caía 0,12%, a R$ 24,40. O volume total da Bolsa somava R$ 854 milhões, com projeção de encerrar o dia com R$ 1,66 bilhão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.