Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ibovespa fecha com queda de 3,61% arrastada por Wall Street

São Paulo, 2 jul (EFE).- O pessimismo vivido em Wall Street e a queda das ações líderes abalaram com força hoje o índice Ibovespa da Bolsa de Valores de São Paulo, que fechou com baixa de 3,61%, até 61.

EFE |

106 pontos, segundo dados ajustados.

A queda dos papéis petroleiros e metalúrgicos foi sentida hoje na Bovespa.

As ações ordinárias da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) tiveram queda de 7,27%, a segunda maior baixa, enquanto os papéis preferenciais da Vale caíram 5,73% e os ordinários, 5,12%.

Outras baixas significativas do setor foram para os papéis preferenciais das siderúrgicas Gerdau (7,10%) e Usiminas (4,64%).

Os preferenciais da Petrobras voltaram a ser os mais negociados na Bovespa, com R$ 958,9 milhões, participação de 21,39% e retrocesso de 4,57% em seu preço.

O desempenho foi contagiado pelo pessimismo em Wall Street, onde a Bolsa de Nova York caiu hoje 1,46% no Dow Jones Industrial, depois que o barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou com um novo recorde e após a forte redução das ações da General Motors (GM).

A bolsa totalizou 265.495 operações com mais de 4,650 bilhões de títulos em circulação e um giro financeiro de R$ 6,361 bilhões.

As ações ordinárias da produtora de carne JBS fecharam com alta de 4,11%, enquanto os papéis ordinários da siderúrgica CSN baixaram 7,49%.

No Ibovespa, sete ações fecharam em alta, 58 em baixa e uma estável.

O dólar comercial fechou hoje com uma queda de 0,18% em São Paulo, cotado a R$ 1,603 para venda. EFE wgm/rb/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG