Tamanho do texto

SÃO PAULO - Depois de um pregão de grande oscilação, em que chegou a perder a linha dos 69 mil pontos, o Ibovespa conseguiu se firmar no terreno positivo ao fim do dia e marcar a terceira sessão seguida de ganhos. Com mínima de 68.831 pontos e máxima de 69.

SÃO PAULO - Depois de um pregão de grande oscilação, em que chegou a perder a linha dos 69 mil pontos, o Ibovespa conseguiu se firmar no terreno positivo ao fim do dia e marcar a terceira sessão seguida de ganhos. Com mínima de 68.831 pontos e máxima de 69.709 pontos, o Ibovespa, subiu 0,18%, para 69.509 pontos, e girou R$ 5,258 bilhões, volume enfraquecido pelo feriado estadual no Rio de Janeiro. "O índice registrou volatilidade em função da ausência de grandes notícias. Apesar das vendas de imóveis nos Estados Unidos e da expectativa de o FMI socorrer a Grécia, o mercado já esperava o anúncio", comentou o sócio-diretor da AZ Investimentos, Ricardo Zeno. Na semana, que contou apenas com quatro dias de operações, o índice avançou em três pregões e acumulou valorização de 0,13%. No mês, entretanto, o Ibovespa segue com baixa de 1,22% e no ano, com alta de 1,34%. A Grécia solicitou a ativação do plano de resgate acertado entre líderes europeus e o Fundo Monetário Internacional (FMI) para tirá-lo da crise da dívida e foi um dos destaques da jornada. Nos Estados Unidos, além de contar com a divulgação de balanços trimestrais de empresas como Amazon, Microsoft e Xerox, o mercado recebeu novos dados do setor imobiliários, que vieram melhores que o esperado. As vendas de casas novas no país avançaram 26,9% em março, para uma taxa anualizada ajustada sazonalmente de 411 mil unidades. Em fevereiro, a marca apurada ficou em 324 mil residências. Na comparação com março de 2009, o indicador registrou ampliação de 23,8%. Em Wall Street, o índice Dow Jones subiu 0,63%, aos 11.204,28 pontos , enquanto o S & P 500 avançou 0,71%, aos 1.217,28 pontos. Ambos atingiram a maior pontuação desde 19 de setembro de 2008. Já o Nasdaq teve alta de 0,44%, aos 2.530,15 pontos. Pela oitava semana, o Dow Jones e o Nasdaq avançaram, em 1,68% e 1,97% respectivamente, enquanto o S & P 500 ganhou 2,11%. No front corporativo, os papéis da Petrobras e Gerdau deram força para a alta do Ibovespa. As ações PN da estatal subiram 1,19%, a R$ 34, e giraram R$ 418,3 milhões. A Petrobras informou hoje que aprovou o pagamento de dividendos e a da quarta e última parcela dos Juros sobre o Capital Próprio, que será efetuado em 30 de abril. Os acionistas detentores de ações ordinárias ou preferenciais na data base de 22 de abril de 2010 terão direito a este pagamento, no valor de R$ 0,12 por ação de juros sobre capital próprio e R$ 0,13 por ação de dividendos. Estes valores com as devidas atualizações até a data de hoje representam R$ 0,1201 e R$ 0,1332 respectivamente. As ações PN da Gerdau lideraram as altas do Ibovespa, ao se valorizarem em 2,56%, a R$ 30,46, enquanto os papéis PN da Gerdau Metalúrgica avançaram 2,16%, a R$ 36,88. Ontem, a empresa revelou que estava avaliando a possibilidade de participar do consórcio vencedor do leilão da usina hidrelétrica de Belo Monte. Segundo a siderúrgica, a decisão seria tomada somente depois de ter acesso às informações detalhadas do empreendimento. Ainda entre os destaques positivos do índice estiveram as ações PN da Cemig, com ganhos de 2,33%, a R$ 31,09, e ON da Natura, com apreciação de 2,14%, a R$ 31,13. No sentido oposto, os papéis PNA da Vale perderam 0,86%, a R$ 49,26, e movimentaram R$ 682,3 milhões. Na semana, Petrobras PN avançou 3,19%, enquanto Vale PNA cedeu 2,59%. "A correlação entre as duas empresas nunca foi tão grande. A tendência é fechar um pouco este spread no curto prazo e a Petrobras deve ter uma performance melhor", pontuou Zeno, da AZ Investimentos. No pregão de hoje, os papéis Net PN tiveram a queda mais expressiva do Ibovespa, ao recuarem 1,92%, a R$ 20,87, seguidos pelas ações ON da Cyrela Realty, com baixa de 1,8%, a R$ 21,16, e ON da PDG Realty, com desvalorização de 1,57%, a R$ 15,64. (Beatriz Cutait | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.