A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) interrompeu dois dias seguidos de ganhos e recuou mais de 6% hoje, o que foi traduzido pelos especialistas como uma correção técnica após acumular alta de 8% nas duas primeiras sessões deste mês. O tombo das Bolsas americanas foi parte importante do comportamento do pregão doméstico, que contou ainda com o efeito das baixas do petróleo e matérias-primas (commodities) metálicas nas ações da Vale, Petrobras e siderúrgicas.

O setor bancário também foi destaque de queda, depois da euforia pós-fusão Itaú-Unibanco.

O Ibovespa terminou o pregão em baixa de 6,13%, a 37.785,66 pontos, depois de oscilar entre a mínima de 37.711 pontos (-6,32%) e a máxima de 40.245 pontos (-0,02%). No mês, o indicador acumula alta de 1,42% e, no ano, perdas de 40,85%. O volume financeiro totalizou R$ 4,536 bilhões.

Nos Estados Unidos, as Bolsas de Nova York caíam mais de 4%, perto do fechamento da sessão em Wall Street. As perdas no mercado americano foram aprofundadas à tarde à medida que os investidores passaram a se preocupar com os sinais de que o presidente eleito dos Estados Unidos Barack Obama vai herdar uma economia em péssimo estado. Mais cedo, os analistas avaliaram que a queda dos mercados americanos ocorria porque os investidores já embutiram a vitória do democrata nos preços e, por isso, hoje realizavam lucro. À tarde, no entanto, a análise foi a de que o novo presidente terá pouco tempo para comemorar, já que os problemas são muitos, sendo o mais grave deles a desaceleração econômica.

Na agenda do dia, os dados fracos divulgados hoje nos Estados Unidos, embora já esperados, mostram esses problemas. A Pesquisa Nacional de emprego da ADP/Macroeconomic Advisers revelou o corte de 157 mil vagas de trabalho no setor privado em outubro. O número, considerado uma prévia do relatório do mercado de trabalho americano, que sai na próxima sexta-feira (dia 7), superou as previsões dos analistas, de perda de 100 mil vagas.

Além disso, o Instituto para Gestão de Oferta (ISM) também mostrou piora no seu indicador: o índice de gerentes de compra sobre a atividade no setor de serviços dos Estados Unidos caiu de 50,2 em setembro para 44,4 em outubro, o menor nível desde julho de 2003.

Ações

Na Bovespa, apenas duas ações fecharam em alta no Ibovespa: os papéis ordinários (ON) da Natura, com alta de 3,33%, e as ações preferenciais (PN) de Ultrapar Participações que subiram 0,20%. Na outra ponta, bancos, siderúrgicas e o setor de construção estiveram entre as maiores baixas, que ainda contou com o peso negativo de Vale e Petrobras.

Em Nova York, o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em dezembro recuou 7,42%, a US$ 65,30, e afetou as ações da estatal petrolífera: Petrobras ON perdeu 3,84% e PN, 3,39%. Numa parte do pregão, entretanto, as ações operaram em alta, diante da expectativa de um balanço favorável da empresa, que será divulgado na segunda-feira da semana que vem (dia 10).

Vale caiu com mais intensidade do que Petrobras, assim como o setor siderúrgico, que foi um dos que registraram perdas mais fortes. As ações ON da mineradora perderam 8,51% e as PN classe A (ONA), 7,03%. Gerdau PN recuou 10,04%, apesar de ter anunciado hoje lucro líquido de R$ 1,419 bilhão no terceiro trimestre de 2008, com alta de 37,1% ante o desempenho de igual período do ano passado.

Ainda no setor de mineração e siderurgia, também pesou a notícia de que a maior siderúrgica do mundo, a ArcelorMittal, vai dobrar sua projeção de corte de produção de aço no quarto trimestre deste ano, de 15% para 30%.

No setor financeiro, destaque de alta nos dois últimos dias, os papéis recuaram, principalmente Itaú e Unibanco, os que mais subiram após o anúncio da fusão, na segunda-feira (dia 3). Banco do Brasil e Nossa Caixa perderam menos, por conta da decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de manter os depósitos judiciais nos bancos públicos, o que favorece a Nossa Caixa e, por conseqüência, sua compra pelo Banco do Brasil. Ao fim, as Itaú PN cedeu 8,77%, Unibanco Unit caiu 10,90% e Banco do Brasil ON recuou 3,08%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.