Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ibovespa avança 5,60% e volta aos 40 mil pontos

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, ampliou os ganhos do dia nesta tarde e, desta forma, recuperou o patamar dos 40 mil pontos. A última vez que o índice fechou acima dos 40 mil pontos foi no dia 14 de outubro.

Agência Estado |

Por volta das 13h50, o Ibovespa avançava 5,60%, aos 40.390 pontos.

A melhora de desempenho do mercado acionário de nova-iorquino contribuiu para os ganhos da Bolsa brasileira. No horário citado, o índice Dow Jones subia 2,87%, o Nasdaq ganhava 2,51% e o S&P-500 registrava elevação de 3,37%.

Por aqui, os papéis de maior peso no cálculo do Ibovespa tinham forte valorização, impactando positivamente o índice: Petrobras PN avançava 7,39%, impulsionada pela alta do petróleo nos mercados internacionais, e Vale PNA ganhava 6,51%, na esteira do programa de recompra de ações lançado pela companhia.

O setor financeiro também subia forte, pela segunda sessão consecutiva da Bovespa, diante do anúncio de união de Itaú e Unibanco, que vai resultar na constituição do maior grupo financeiro privado do Hemisfério Sul. Itaúsa PN, holding do grupo Itaú, subia 9,96%, segunda maior alta dentre as ações que compõem o Ibovespa (atrás de Gerdau Metalúrgica, que subia 10,69%). Itaú PN tinha elevação de 8,19%, Unibanco Unit subia 8,68% e Banco do Brasil ON avançava 6,49%. As ações do Itaú também são influenciadas pela divulgação do balanço da instituição no terceiro trimestre. O banco registrou no período lucro líquido consolidado de R$ 1,848 bilhão.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG