São Paulo, 3 nov (EFE).- O Índice da Bolsa de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje com queda de 0,65%, para 37.

014 pontos, em um pregão que os analistas prevêem que será instável, devido ao anúncio da fusão entre o Itaú e o Unibanco.

Na sexta-feira passada, o Ibovespa tinha fechado com uma moderada queda de 0,51%, para 37.256 pontos.

O Itaú, segundo maior banco privado do Brasil por ativos e o Unibanco, o terceiro do mercado, anunciaram hoje que se fundirão para criar um dos 20 maiores conglomerados financeiros do mundo.

A notícia foi bem recebida pelos analistas, mas, nas primeiras operações, não tinham sido registrados negócios com os papéis de nenhuma das duas instituições.

No entanto, as ações preferenciais do Bradesco, até então o maior banco privado do país e que terá agora a concorrência da nova instituição, subiam 3,98%.

As principais altas no mercado eram dos papéis preferenciais da Aracruz (5,46%) e da Klabin (4,51%).

As principais quedas eram das ordinárias da Telemar, com baixa de 3,52%.

O volume financeiro parcial do pregão era de R$ 377,3 milhões, com 25.755 negócios registrados.

No mercado cambial, o real abriu a semana com queda de 0,90% frente ao dólar, que era negociado a R$ 2,18 para venda. EFE joc/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.