Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ibovespa abre em baixa, contaminado pelo exterior

Após a trégua de ontem, quando a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta superior a 2%, o nervosismo do mercado externo voltou a imperar esta manhã na Bolsa brasileira, que abriu em baixa, sinalizando que o mercado pode retroceder ao nível de 48 mil pontos. Às 10h10 (de Brasília), o Índice Bovespa caía 1,63%, a 48.

Agência Estado |

824 pontos, na mínima do dia até o momento.

A Bovespa volta a ser contaminada pelo estresse do mercado internacional, agravado pelos dados econômicos divulgados dos Estados Unidos já anunciados esta manhã. O déficit comercial americano subiu para US$ 62,2 bilhões em julho ante previsão de US$ 58,8 bilhões, no maior valor desde março de 2007. Os pedidos semanais de auxílio-desemprego também vieram piores do que o esperado, com queda de 6 mil, para 445 mil pedidos. A média quadrissemanal de pedidos aumentou em 250 para 440 mil pedidos, sendo considerada território de recessão.

Porém, o que pode trazer algum alento hoje à Bovespa são as ações da Petrobras. Os papéis bateram o limite de alta de 2% ontem nas negociações eletrônicas após o fechamento da sessão regular (after market), logo depois de a estatal ter confirmado a existência de até 4 bilhões de barris de petróleo leve e gás natural na camada pré-sal do Campo de Iara, na Bacia de Santos.

Outra boa notícia é que um consórcio formado pela Petrobras e pelas portuguesas Galp Energia e Partex está perto de encontrar petróleo na costa de Lisboa, segundo informou hoje o jornal português Diário Econômico.

A notícia negativa é que a Petrobras teve de suspender as operações no oleoduto Transierra, na Bolívia, depois que manifestantes bloquearam uma válvula de segurança, informou a empresa em comunicado esta manhã. O oleoduto abastece o gasoduto Bolívia-Brasil, que oferece quase a metade da necessidade de gás no País. No horário citado acima, as ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) da estatal petrolífera subiam 2,08% e 1,32%, respectivamente.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG