A International Business Machines Corp (IBM) anunciou um aumento de 12% no lucro líquido do quarto trimestre na comparação com igual período do ano anterior, para US$ 4,43 bilhões (US$ 3,28 por ação) baseado na melhora das margens na maioria de seus segmentos. Nos últimos três meses de 2007 a companhia lucrou US$ 3,95 bilhões (US$ 2,80 por ação).

A margem bruta cresceu para 47,9% no trimestre encerrado em dezembro, de 44,9% há um ano.

O lucro líquido do quarto trimestre superou com folga as expectativas dos analistas, que esperavam um lucro de US$ 3,03 por ação. Há pouco, as ações da IBM subiam 3,96% nas transações do after-hours do mercado norte-americano, depois de terem fechado em baixa de 3,50% no pregão regular desta terça-feira.

A receita, no entanto caiu 6,4% para US$ 27,01 bilhões no quarto trimestre, sugerindo que a companhia fez um grande trabalho no gerenciamento de custos. Os analistas da Thomson Reuters estavam esperando uma receita de US$ 28,15 bilhões. A companhia disse que suas vendas caíram ligeiramente em virtude do impacto da valorização do dólar.

Sobre a perspectiva futura, a IBM disse que espera obter em 2009 um lucro de pelo menos US$ 9,20 por ação, enquanto Wall Street estava esperando US$ 8,75 por ação. A perspectiva mais otimista da companhia pode acalmar os temores de Wall Street, uma vez que até agora a IBM tem resistido a fraqueza que vem invadindo o setor de tecnologia, uma vez que mais da metade de suas vendas vêm de fontes recorrentes.

Contudo, a IBM enfrenta desafios futuros de corte de custos e a fraqueza do setor financeiro, onde a companhia historicamente obtém uma grande porção de sua receita, o que pode atingir suas vendas de software altamente rentáveis e a demanda por aplicativos para desenvolvimento de trabalho.

Em um comunicado, o executivo-chefe da IBM, Samuel Palmisano, disse que a companhia cumpriu o dever com um "forte quarto trimestre", apesar de ter enfrentado dificuldades na economia. Ele disse que a IBM segue no rumo para sua meta de longo prazo de lucros de US$ 10,00 a US$ 11,00 por ação. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.