A gigante americana da informática IBM estaria planejando demitir mais de 2.800 funcionários, afirmou nesta segunda-feira um sindicato trabalhista que representa os empregados do grupo.

De acordo com o sindicato AllianceàIBM, membro do AFL-CIO, maior associação sindical dos Estados Unidos, a IBM pretende suprimir 1.419 postos de trabalho em sua divisão de software e 1.449 empregos no setor de vendas e distribuição.

"Cortes em outras áreas também são esperados. Fiquem ligados!", escreveu o AllianceàIBM em seu site.

A IBM, que no dia 20 de janeiro anunciou seus resultados anuais de 2008 - com um lucro líquido melhor do que o esperado pelo mercado e previsões de resultados ainda melhores em 2009 -, ainda não comentou o alerta feito pelo sindicato.

hh/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.