Tamanho do texto

O gerente da pesquisa mensal de emprego do IBGE, Cimar Azeredo, destacou a continuidade na alta do rendimento médio real dos trabalhadores em outubro, ante igual mês do ano passado, como o melhor resultado da pesquisa mensal de emprego divulgada hoje. A renda média real dos ocupados nas seis principais regiões ficou em R$ 1.

349,70 em outubro, com estabilidade em relação a setembro, mas aumento de 3,2% ante igual mês do ano passado.

Ele mostrou dados que revelam que, na média de 10 meses de 2009 (janeiro a outubro), o rendimento médio real atingiu R$ 1.342,24, superior à média de R$ 1.296,55 de igual período do ano passado. Segundo Azeredo, o aumento do salário mínimo é a principal influência para essa alta no rendimento. "O salário mínimo é um indexador para o rendimento de muitos trabalhadores com renda mais baixa e até mesmo para trabalhadores em carteira", observou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.