crescimento nulo - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IBGE: queda do PIB em 2009 é na verdade um crescimento nulo

A variação negativa de 0,2% no PIB brasileiro em 2009 é considerada como uma queda quase nula ou um crescimento nulo pela gerente de contas trimestrais do IBGE, Rebeca Palis. Ela explicou que variação entre -0,5% e +0,5% está numa margem que sempre pode ser arredondada para zero.

Agência Estado |

De acordo com Rebeca, o Brasil conseguiu registrar um desempenho melhor do que muitos países no ano passado devido à manutenção do crescimento do consumo das famílias, impulsionado pelos incentivos governamentais, a continuidade no aumento da massa salarial e a expansão do crédito.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG