Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IBGE: produção industrial cresce em 13 regiões do País

A produção industrial cresceu em 13 das 14 regiões monitoradas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em janeiro deste ano, ante dezembro de 2009. Nesta comparação, segundo informou nesta quarta-feira o instituto, as regiões que registraram os principais avanços foram Espírito Santo (5,6%), Ceará e Pernambuco (com 5,4% cada) e Paraná (4,0%).

Agência Estado |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561623080&_c_=MiGComponente_C

As demais altas foram observadas nas seguintes regiões: Nordeste (3,7%), Rio Grande do Sul (3,2%), São Paulo (3,0%), Pará (3,0%), Bahia (2,5%), Goiás (2,2%), Minas Gerais (1,7%), Santa Catarina (1,1%) e Rio de Janeiro (0,3%). No caso do Amazonas, houve estabilidade. Ainda em relação ao mês anterior, a produção industrial nacional cresceu 1,1%, como divulgou o IBGE no início da semana passada.

Na comparação com janeiro do ano passado, todos os locais pesquisados elevaram a produção no mesmo mês deste ano. Segundo o documento de divulgação da pesquisa, os avanços "refletem a ampliação do ritmo produtivo e a baixa base de comparação, por conta das férias coletivas e das paralisações não programadas em vários setores em janeiro de 2009".

Com avanços acima da média nacional (16%) no primeiro mês deste ano, ante igual mês do ano anterior, destacaram-se Espírito Santo (48,5%), Amazonas (33,9%), Minas Gerais (28,8%), Bahia (23,6%), Rio Grande do Sul (20,9%), Goiás (19,8%) e Ceará (16,7%). As demais altas foram apuradas em São Paulo (15,6%), região Nordeste (11,5%), Rio de Janeiro (10,7%), Paraná (10,4%), Santa Catarina (7,9%), Pará (5,8%) e Pernambuco (1,2%).

São Paulo

A produção industrial de São Paulo, que representa em torno de 40% da produção nacional e cresceu 3,0% ante dezembro de 2009, teve o sétimo aumento seguido em relação ao mês imediatamente anterior.

Em relação a janeiro de 2009, o avanço de 15,6% representa a terceira taxa positiva seguida ante igual mês do ano anterior. Na comparação com janeiro do ano passado, para a qual há detalhamentos setoriais, 17 das 20 atividades pesquisadas na indústria paulista registraram alta na produção. O destaque ficou com o setor de veículos automotores, que avançou 45,0%.

Leia tudo sobre: ibgeindústria

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG