A indústria de São Paulo, que representa cerca de 40% da produção nacional, registrou aumento de 2,2% na produção em fevereiro ante o mês anterior, segundo o IBGE. O índice de média móvel trimestral da indústria local registrou alta de 1,0% no trimestre encerrado em fevereiro ante o terminado em janeiro, mantendo a trajetória ascendente iniciada em março de 2009.

A indústria de São Paulo, que representa cerca de 40% da produção nacional, registrou aumento de 2,2% na produção em fevereiro ante o mês anterior, segundo o IBGE. O índice de média móvel trimestral da indústria local registrou alta de 1,0% no trimestre encerrado em fevereiro ante o terminado em janeiro, mantendo a trajetória ascendente iniciada em março de 2009. Na comparação com fevereiro de 2009, a produção da indústria paulista aumentou 20,9%, a maior expansão mensal apurada na região pelo IBGE, na comparação com igual mês de ano anterior, desde fevereiro 1995. A elevação nessa comparação refletiu o desempenho positivo de 18 dos 20 ramos investigados, com destaque para veículos automotores (37,5%), seguido por farmacêutica (60,8%), máquinas e equipamentos (35,4%), outros produtos químicos (31,3%) e produtos de metal (57,5%). De acordo com o IBGE, o setor industrial de São Paulo acumulou crescimento de 18,1% no primeiro bimestre de 2010, enquanto o indicador acumulado nos últimos 12 meses (-3,6%), "em trajetória ascendente desde outubro do ano passado, assinalou sua queda menos intensa desde abril de 2009 (-3,0%)".
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.