A queda na produção industrial em dezembro fez o setor retornar ao patamar de produção de março de 2004, destacou a economista da coordenação de indústria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Isabella Nunes. Segundo ela, os recuos foram generalizados, abrangendo 25 de 27 setores na comparação com novembro e 23 dentre 27 setores ante dezembro de 2007.

Foi o maior número de segmentos em queda já registrado na pesquisa, nas duas bases de comparação.

"Há um quadro generalizado de queda, como reflexo do agravamento da crise", disse Isabella. Segundo ela, apesar dos declínios generalizados, os segmentos mais afetados estiveram vinculados ao crédito, como bens duráveis e máquinas e equipamentos e também às exportações de commodities.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.