Rio, 2 - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou hoje que a produção industrial brasileira caiu 1,3% em agosto ante julho, na série com ajuste sazonal. A indústria de alimentos registrou em agosto queda de 7,4% na produção ante igual mês do ano passado, o pior resultado apurado pelo IBGE nesse segmento em oito anos, segundo destacou o coordenador de indústria do instituto, Silvio Sales.

Segundo ele, o índice de difusão mostra que 63% dos produtos que compõem a indústria de alimentos registrou queda na produção ante o mesmo mês de 2007.

A explicação está, sobretudo, nos produtos voltados para exportação. Segundo Sales, açúcar cristal, suco de laranja e carne vermelha puxaram a queda na produção de alimentos. No caso do açúcar, ele disse que as informações das empresas apontam que o recuo está relacionado a um deslocamento da produção das usinas para o álcool. No que diz respeito ao suco de laranja, segundo ele, a justificativa é que houve queda nos preços internacionais desses produtos e problemas climáticos na safra brasileira, ambos desestimulando os produtores.

A queda na carne, por sua vez, de acordo com Sales, estaria relacionada à redução da oferta de bois para abate. Segundo ele, há também produtos voltados para o mercado interno contribuindo para a queda na indústria de alimentos, "mas com influência muito menor" no resultado final nesse segmento em agosto. O destaque é o sorvete, que segundo ele pode estar respondendo tanto ao clima desfavorável para o produto quanto a um possível deslocamento do consumo para produtos de maior essencialidade, devido ao aumento de preços dos alimentos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.