Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IBGE: escolarização subiu em todas as faixas etárias

A taxa de escolarização no País subiu para todas as faixas etárias, segundo mostra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad 2007). Em 1992, apenas 53,9% das crianças de 5 ou 6 anos estavam na escola e, no ano passado, esse porcentual subiu para 86,4%.

Agência Estado |

Na faixa de 7 a 9 anos a taxa subiu de 87,1% para 98,1%; de 10 a 14 anos aumentou de 86,0% para 97,4% e de 15 a 17 anos, subiu de 59,7% para 82,3%.

Os resultados da Pnad mostram ainda que 63% das pessoas que estudavam no ano passado estavam no ensino fundamental, enquanto apenas 10,9% cursavam o ensino superior. A pesquisa mostra também que a rede pública de ensino atendia 24% dos estudantes de nível superior e, nos demais níveis de ensino, este porcentual ficou acima dos 70%.

A gerente da Pnad, Maria Lúcia Vieira, disse que os destaques da educação na pesquisa foram a continuidade do aumento da escolarização e a queda na taxa de analfabetismo (de 17,2% em 1992 para 10,0% em 2007).

Nível de ocupação

A pesquisa também mostrou que o número de pessoas ocupadas no Brasil totalizava 90,8 milhões de pessoas em 2007. O nível de ocupação (porcentual de pessoas ocupadas no total da população de 10 anos ou mais de idade) recuou um pouco no ano passado (57,0%) em relação ao ano de 2006 (57,2%) mas, segundo Maria Lúcia Vieira a queda ocorreu "onde tinha que acontecer", ou seja, nas faixas etárias entre 10 e 14 anos e acima dos 50 anos.

Segundo ela, o nível de ocupação no País mostra tendência de elevação desde 1996 e essa perspectiva não foi revertida com os resultados de 2007.
A Pnad mostra também que, apesar do persistente recuo na taxa de desocupação do País desde 2005, ainda havia 8,1 milhões de desocupados (pessoas sem trabalho e procurando emprego) no ano passado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG