Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IBGE: área com cana-de-açúcar cresceu 11,5% em 2007

Rio, 17 - A Pesquisa Agrícola Municipal (PAM) divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que, em 2007, a área destinada à colheita da cana-de-açúcar ultrapassou os sete milhões de hectares, num crescimento de 11,5% em relação a 2006, refletindo diretamente na produção, que alcançou 549,7 milhões de toneladas, 15,1% superior à de 2006. Segundo lembram os técnicos do IBGE no documento de divulgação, buscando atender à demanda do mercado por etanol, o Brasil tem expandido a área plantada com cana-de-açúcar nos últimos anos.

Agência Estado |

Ainda segundo os técnicos, em 2007, a melhor produtividade dos canaviais "é fruto de grandes investimentos em pesquisa para o desenvolvimento de novas variedades, melhor manejo, eficiência na irrigação, entre outros. Além disso, as boas condições climáticas apresentadas durante o ano favoreceram o bom desenvolvimento da cultura".

Ainda de acordo com a pesquisa, "a safra de cana de 2007 foi a mais alcooleira dos últimos anos", sendo que a maior parte da produção foi destinada ao mercado interno, já que, apesar do aumento das exportações, "o mercado externo ainda é restrito, em razão de barreiras protecionistas".

De acordo com o IBGE, o aumento da oferta de cana provocou a redução dos preços no mercado interno durante o período de safra. Além disso, segundo lembram os técnicos, no mercado internacional o açúcar não teve um bom desempenho em 2007, por causa do aumento da produção indiana. Esses fatores provocaram uma redução média de 26% nos preços pagos pela tonelada de cana-de-açúcar, "frustrando as expectativas dos agricultores, que esperavam preços semelhantes aos praticados em 2006".

São Paulo é o maior produtor nacional, responsável por quase 60% da cana-de-açúcar brasileira. Em 2007, o Estado apresentou, segundo o IBGE, um crescimento de 13,8% na produção ante o ano anterior. De acordo com a pesquisa, a expansão dos canaviais tem acontecido, principalmente, em direção ao noroeste paulista, onde novas usinas têm sido implantadas. O município de Morro Agudo (SP) é o maior produtor nacional. Dentre os dez principais municípios produtores de cana, apenas um - Barra do Bugres (MT) - não é paulista.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG