Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IBGE aponta crescimento de 4,2% na agroindústria no primeiro semestre

Embora tenha ficado abaixo do crescimento da indústria, que foi de 6,3%, a agroindústria cresceu 4,2% no primeiro semestre do ano, abaixo dos 4,8% do mesmo período de 2007. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o instituto, o bom desempenho do setor deve-se ao crescimento da safra agrícola, ao aumento do consumo no mercado interno ¿ em razão da melhora da renda do trabalhador ¿ e a um cenário externo favorável à agricultura, com crescimento do volume exportado e dos preços.

Agência Brasil |

O levantamento do IBGE indica que a expansão de 3,2% nos setores associados à agricultura ¿ que exerce maior peso na agroindústria - superou a dos vinculados à pecuária, cujo aumento foi de apenas 1,6%.

O grupo inseticidas, herbicidas e outros defensivos para uso agropecuário apresentou forte acréscimo (46,6%), por conta, principalmente, do aumento da produção de soja, cana-de-açúcar e milho, lavouras intensivas no uso destes produtos, informou o instituto.

Segundo a pesquisa do IBGE, os fatores ligados ao bom desempenho da economia, crescimento da safra agrícola e aumento do consumo interno também contribuíram para a expansão da renda do setor e para o investimento em máquinas e equipamentos agrícolas (que cresceu 43,5%), adubos e fertilizantes (10,3%) e rações (7,5%).

Já o baixo crescimento da pecuária (1,6%), está, segundo o IBGE, diretamente ligado ao embargo às exportações brasileiras de carne bovina pela União Européia, que impactou negativamente a produção de derivados de carne bovina e suína, levando o setor a fechar o semestre negativo em -3,7%.

Quando analisado em bases trimestrais, os dados do IBGE mostram que a agroindústria apresentou resultados positivos nos dois primeiros períodos de 2008. Após crescer 6,1% no primeiro trimestre, o setor desacelerou no segundo (2,8%), por conta da redução do ritmo de crescimento da agricultura - que passou de 6,9% para 0,8%, enquanto a pecuária mostrou movimento inverso (de ¿1,0% para 4,4%).

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, também pesquisado pelo IBGE, estima para este ano safra recorde de 143,6 milhões de toneladas de grãos ¿ resultado 7,9% superior ao de 2007, quando foram produzidas 133,1 milhões de toneladas. Nesse caso, o destaque foi a produção de soja, milho e arroz, que representam cerca de 90% da safra.

Para o IBGE, o avanço das exportações está diretamente ligado ao crescimento mundial do consumo de alimentos, impulsionado pelo bom desempenho das economias dos países em desenvolvimento, a produção de biocombustível, a elevação dos preços internacionais dos produtos agropecuários e a crescente inserção dos produtos brasileiros nos mercados externos.

Leia tudo sobre: ibge

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG