Tamanho do texto

Aumento do emprego na indústria se deu em todas 14 regiõe pesquisadas pelo IBGE, com destaque para São Paulo

O aumento de 4,2% no emprego industrial em maio ante igual mês do ano passado representou a maior variação ante igual mês de ano anterior apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) desde outubro de 2004, quando a expansão foi da mesma magnitude. Ainda nessa comparação, o resultado de maio representou a quarta taxa positiva consecutiva na ocupação do setor. Em termos regionais, ante maio de 2009, houve aumento do emprego na indústria em todas as 14 regiões pesquisadas pelo IBGE, com destaque de influência positiva para São Paulo, que contribui com cerca de 40% da ocupação nacional do setor e registrou expansão de 3,3% nesse confronto.

Entre as principais contribuições setoriais para a elevação do emprego ante igual mês do ano passado, destacam-se as atividades de produtos de metal (8,9%), alimentos e bebidas (2,5%), máquinas e equipamentos (6,4%), calçados e couro (8,2%) e meios de transporte (5,8%). Dos 18 segmentos pesquisados, 15 aumentaram o número de vagas em maio na comparação com maio de 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.