Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IBGE: abate de bovinos recuou 6,3% no 3º trimestre de 2008

Rio, 17 - Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre abate de animais, divulgada hoje, indica que o abate de bovinos no terceiro trimestre deste ano registrou queda idêntica de 6,3% tanto na comparação com o registrado no segundo trimestre deste ano quanto em relação a igual período em 2007. Ainda segundo o instituto, foram abatidas 7,142 milhões de cabeças de bovinos no terceiro trimestre do ano.

Agência Estado |

Para o IBGE, o terceiro trimestre de 2008 foi o menos produtivo, em termos de abate de bovinos, dos últimos quatro anos. Ainda segundo o instituto, com esse resultado, o volume abatido no período voltou a patamar do primeiro trimestre de 2006. Em comunicado, o IBGE informou que o terceiro trimestre é caracterizado como período de entressafra, com a redução das chuvas e ocorrências de secas em áreas produtoras, reduzindo a oferta e a qualidade das pastagens.

O instituto comentou ainda que, segundo suas Estatísticas da Produção Pecuária, o abate total de bovinos acumulado em 2008, que foi de 22 milhões de cabeças, foi 5,6% menor do que o registrado em igual período em 2007. Na análise do instituto, esse resultado reflete a continuidade do processo de escassez da oferta de animais para abate que vem sendo observado desde o segundo semestre de 2007.

Do total de animais abatidos no terceiro trimestre, 57,2% eram bois, 29,2% eram vacas, 13,5% eram novilhos e 0,05% vitelos. Ao comparar o período com igual trimestre em 2007, foram verificadas quedas no abate de vacas (-11,9%), vitelos (-53,7%) e novilhos (-7,0%). Na mesma comparação, a região que apresentou a maior queda em termos percentuais no volume de abate de bovinos foi a Região Norte (-19,6%). O IBGE informou ainda que o peso total das carcaças bovinas no terceiro trimestre deste ano foi de 1,672 milhões de toneladas, o que representa uma redução de 4,4% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG