Tóquio, 31 out (EFE).- Vários fabricantes de computadores pessoais como Hewlett-Packard e Toshiba anunciaram hoje que vão retirar do mercado baterias de lítio fabricadas pela Sony em alguns de seus modelos de computadores, por causa de problemas de aquecimento.

A Sony anunciou que apoiará a retirada de cerca de 100 mil unidades de suas baterias no mundo todo, já que recebeu informações de 40 incidentes de aquecimento de suas baterias de lítio 2.15Ah, que em alguns casos provocaram fumaça e inclusive fogo.

Entre os 40 incidentes, dois causaram pequenas queimaduras nos usuários e outros 21 pequenos danos materiais.

Em seu comunicado emitido hoje, a Sony informou que as baterias de seus computadores Vaio não serão retiradas do mercado. EFE fab/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.