SÃO PAULO - A montadora Honda vai cortar a produção no Japão diante da queda das vendas de veículos causada pela crise econômica mundial. As fábricas vão deixar de produzir 56 mil veículos neste ano fiscal, o que significará a demissão de 3,1 mil funcionários temporários até o final de abril.

Com isso, a empresa não terá mais empregados temporários em suas plantas japonesas.

A companhia já tinha anunciado um corte na produção de 86 mil unidades. A previsão da Honda agora é de fabricar 1,168 milhão de veículos no ano fiscal a se encerrar em março. A estimativa anterior era de produzir 1,31 milhão de unidades.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.