O especialista americano em materiais e produtos de construção Home Depot anunciou nesta segunda-feira o corte de 7.000 empregos, quase 2% de seus efetivos no mundo, depois de fechar suas lojas de móveis de luxo, as EXPO, e reestruturar sua logística.

A reestruturação inclui 532 milhões de dólares em provisões, dos quais 390 milhões no quarto trimestre de seu ano fiscal, segundo comunicado do grupo.

O lucro por ação deve se manter dentro de suas previsões, em baixa de 24% em relação a 2007.

fga/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.