Tamanho do texto

A Holanda propôs aos países da União Européia (UE) a criação de fundos nacionais de resgate bancário ante a atual crise financeira, afirmou nesta quinta-feira a porta-voz do ministério holandês das Finanças, sem explicar como o mesmo seria aplicado.

"A idéia é que os países membros, cada um de seu lado, reservem meios para injetar capital nas instituições financeiras, caso estejam em dificuldade", afirmou à AFP a porta-voz, Hendrieneke Bolhaar.

Ela declarou que se trata de um plano europeu para fundos de resgate bancário e não de um fundo comum. "Os detalhes financeiros ainda estão sendo decididos".

"Estamos realizando negociações intensas com os outros ministérios das Finanças", concluiu.

O primeiro-ministro da Holanda, Jan Peter Balkenende, também desmentiu que exista uma proposta de criação de um fundo europeu para enfrentar a crise financeira, depois de uma conversa com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, em Paris.

O plano permitiria evitar a quebra dos bancos do continente que passam por sérias dificuldades.

mlr/fp