Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Harley-Davidson anuncia corte de 1.100 postos de trabalho este ano

Washington, 23 jan (EFE).- A fabricante de motocicletas Harley-Davidson anunciou hoje que cortará cerca de 1.

EFE |

100 postos de trabalho entre este ano e 2010, após reportar uma queda de 30% em seu lucro em 2008.

A Harley-Davidson também previu que, em 2009, a demanda de suas motocicletas cairá entre 10% e 13% frente ao ano passado.

"Em 2008, reduzimos de forma prudente os níveis de nossa produção, o que ajudou as concessionárias a manter níveis de estoque inferiores, e vamos mostrar uma disciplina similar em 2009", afirmou em comunicado o executivo-chefe da empresa, Jim Ziemer.

A medida "não só é crítica para a saúde de nossa empresa, mas também para a de nossas concessionárias", acrescentou Ziemer.

Para reduzir sua produção, a Harley-Davidson consolidará duas fábricas de produção de motores e transmissões da área de Milwauke em outra que a empresa possui em Wisconsin.

Além disso, fechará uma fábrica de distribuição, consolidará outras instalações e deixará de operar a frota doméstica de transporte.

Em 2008, a Harley-Davidson teve um faturamento de US$ 5,59 bilhões, frente aos US$ 5,730 bilhões de 2007. A empresa também reportou lucro de US$ 654,7 milhões, em comparação com os US$ 933,8 milhões do ano anterior.

A fabricante produziu 303.479 motocicletas no ano passado, 8,2% a menos que em 2007. Em 2009, a empresa prevê produzir entre 264 mil e 273 mil unidades.

O executivo-chefe de Harley-Davidson explicou que a companhia executará uma estratégia baseada em três pontos para enfrentar a recessão vivida pelos Estados Unidos e a desaceleração econômica mundial. EFE crd/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG