Nova York - A americana Harley-Davidson anunciou hoje que assinou um acordo definitivo para a compra da fabricante italiana de motocicletas Agusta (MVAG), pela qual pagará US$ 109 milhões.

Em um comunicado, a Harley-Davidson, com sede Milwaukee (Wisconsin), informou que a operação inclui o pagamento da dívida que sua concorrente italiana tem atualmente, de US$ 70 milhões.

O acordo, destaca a nota, prevê ainda que, em 2016, uma bonificação será paga ao presidente do grupo italiano, Claudio Castiglioni, se até esse ano a empresa, que continuará sob sua liderança, alcançar "certas metas financeiras".

A compra deverá ser fechada nas próximas semanas, já que ainda precisa ser aprovada pelas autoridades reguladoras, lembrou a Harley-Davidson.

A fabricante americana disse ainda que manterá abertos os escritórios gerais da Agusta em Varese (Itália) e que não tirará Castiglioni e o designer-chefe da companhia, Massimo Tamburini, de seus cargos.

Leia mais sobre Harley-Davidson

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.