Governo e empresas do setor de petróleo e gás criaram em 2003 um programa para treinamento das pessoas que trabalham no setor. Trata-se do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), que tem como objetivo fazer com que o mercado de trabalho interno consiga absorver as demandas geradas pelos investimentos e, assim, gerar riqueza, renda e emprego para o País. De acordo com a Petrobras, a idéia do programa surgiu quando a escassez de mão-de-obra qualificada se tornou um entrave para o desenvolvimento do setor.

Em quase sete anos do Programa, o número de profissionais treinados chega a 78 mil, sendo que 81% deste total já têm carteira assinada. Eles participaram em cursos gratuitos de qualificação ¿ de nível básico, médio, técnico e superior, em 175 categorias profissionais ligadas aos setores de petróleo e gás. Neste trabalho, atuaram 80 instituições de ensino em 17 Estados. O investimento foi de R$ 260 milhões.

Indiretamente, o Programa também vai beneficiar profissionais da indústria civil. O Ministério de Minas e Energia e o Ministério do Trabalho e Emprego firmaram um acordo com a Petrobras para a qualificação de 23.400 profissionais desempregados. Os cursos serão patrocinados Pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), além de bolsa-auxílio do Promimp.

Leia mais sobre: Petrobras

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.