A GVT Holding registrou prejuízo líquido consolidado de R$ 9,563 milhões no terceiro trimestre do ano, contra lucro de R$ 41,245 milhões no mesmo período do ano passado. A receita líquida cresceu 34,1%, para R$ 347,334 milhões.

O Ebitda totalizou R$ 131,972 milhões, mostrando evolução de 42,1%. A margem Ebitda foi de R$ 38%, contra 35,8%. O lucro bruto aumentou 34% e somou R$ 224,417 milhões.

No acumulado de janeiro a setembro, a empresa obteve lucro líquido consolidado de R$ 79,723 milhões, com crescimento de 230% sobre o mesmo período do exercício anterior.

O resultado financeiro líquido totalizou uma perda de R$ 63,3 milhões no terceiro trimestre, comparado a um ganho de R$ 22,7 milhões no mesmo intervalo de 2007. Conforme a empresa, a variação cambial atingiu uma perda de R$ 59,8 milhões no terceiro trimestre frente um ganho de R$ 18,4 milhões no mesmo período do ano passado, devido principalmente a valorização do dólar em relação ao real, que foi de 20,3% no trimestre (a taxa do dólar americano no 2T08 era de R$ 1,5919 e no 3T08 era de R$ 1,9143). A empresa explicou no relatório da administração que a variação cambial negativa no terceiro trimestre é não-realizada, e proveniente de uma dívida externa de US$ 185 milhões, que vencerá em junho de 2011.

A receita financeira atingiu R$ 16,7 milhões, um decréscimo de 32,5% em relação aos R$ 24,8 milhões registrados no mesmo trimestre de 2007. Esta redução é decorrente, principalmente: i) menores valores de depósitos em bancos, totalizando R$ 785,5 milhões ao final do 3T07, em comparação com R$ 344,2 milhões ao final do 3T08, resultando em um menor rendimento no valor de R$ 9,1 milhões no 3T08 e; ii) a um aumento decorrente outras receitas financeiras no valor de R$ 1,0 milhão.

As despesas financeiras atingiram R$ 20,2 milhões, contra R$ 20,5 milhões, o que representou uma redução de 1,3%. Essa queda das despesas é resultante do efeito do menor grau de endividamento no terceiro trimestre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.