Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Guiana usará soja brasileira para impulsionar pecuária

Georgetown (Guiana), 3 jul (EFE) - A Guiana começará no final do mês a fazer testes com sementes de soja de alto rendimento fornecidas pelo Brasil, em um esforço para potenciar a produção das fazendas de gado, informou hoje um funcionário de alto cargo. Oudho Homenauth, diretor do Instituto de Desenvolvimento e Pesquisa da Agricultura Nacional de Guiana (Nari, em inglês), disse que cerca de 38 quilos de sementes de soja foram compradas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Inicialmente, serão testadas as sementes adquiridas em cinco fazendas de gado da Guiana, antes de sua comercialização no país, em 2009. Homenauth explicou que o Nari determinará quais são as melhores variedades de soja para plantação no sul da Guiana e alimentar o gado. Espera-se que especialistas da Embrapa cheguem à Guiana no final de julho com o objetivo de seguir trabalhando no projeto e, se for bem-sucedido, entregar pelo menos 2,4 toneladas métricas por hectare, em comparação com as 2,8 do Brasil. A Guiana destina anualmente cerca de 14.400 toneladas métricas de soja para a produção de alimento para gado.

EFE |

Se o projeto for viável, o país poderia exportar os excedentes de grão a outras nações.

Trata-se de uma "troca de novas variedades de soja para ver se essas se adaptam ao meio ambiente da Guiana e, se funcionar, não será difícil obter outras sementes e transformar este sistema inovador em algo valioso para esse país", assinalou Francisco Joaci de Freitas Luz, agrônomo da Embrapa.

as/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG