Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Grupos cívicos dos EUA pedem a Obama para renegociar Nafta

Washington, 12 jan (EFE).- Cerca de 60 grupos cívicos dos Estados Unidos pediram hoje ao presidente eleito, Barack Obama, para que, após assumir a Presidência, cumpra sua promessa eleitoral de renegociar o Acordo de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta).

EFE |

A Aliança para um Comércio Responsável disponibilizou hoje em seu site uma carta que cerca de 60 grupos cívicos enviaram na semana passada a Obama.

A intenção é que, através da renegociação do Nafta, seja elaborado "um modelo alternativo de comércio no qual sobressaiam os interesses do povo e do meio ambiente sobre os lucros das corporações globais".

A Aliança divulgou a carta como parte de sua campanha de pressão e aproveitando o primeiro encontro entre Obama e o líder mexicano, Felipe Calderón.

Nas declarações à imprensa após o almoço e reunião no Instituto Cultural Mexicano, nem Obama nem Calderón fizeram referência ao Nafta, o qual os sindicatos americanos culparam pela perda em massa de empregos manufatureiros nos Estados Unidos.

O líder mexicano advertiu em muitas ocasiões sobre os efeitos nocivos que uma corrente protecionista ou a renegociação do NAFTA teria.

No documento, o grupo elogiou o fato de que, em seu site, Obama tenha dito que tanto ele quanto o vice-presidente eleito, Joe Biden, consideram que o Nafta e seu potencial foram supervalorizados diante da opinião pública.

Ele acrescenta que, para Obama, os acordos comerciais devem servir para propagar boas normas ambientais e trabalhistas. EFE mp/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG