Tóquio, 17 jul (EFE).- O grupo Daiwa pode se unir ao Banco Itaú em cinco áreas, o que seria a primeira aliança total entre uma grande corretora do Japão e um importante grupo financeiro do Brasil, informou nesta quinta-feira o jornal Nikkei.

Segundo o diário, as duas companhias vão anunciar hoje que chegaram a um acordo básico que cobre as áreas de asset management, gestão de pedidos de ações, banco de investimento, compartilhamento de pesquisa e intercâmbio de pessoal.

As companhias poderiam estabelecer um fundo para investir em ações não negociadas em bolsa, cujo objetivo seria obter um grande retorno em companhias asiáticas fora do Japão e no continente americano.

O Daiwa e o Itaú também vão trabalhar juntos em fusões e aquisições no Japão, no restante da Ásia e na América do Sul, disse o "Nikkei".

Além disso, as duas companhias podem unir forças para ajudar entidades públicas sul-americanas a conseguir financiamento por meio da emissão de ações e bônus. EFE fab/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.