Cuiabá, 31 - O Grupo Independência pagou hoje aos pecuaristas a primeira parcela de R$ 100 mil, referente ao acordo firmado na assembleia de credores realizada em novembro do ano passado para discutir o plano de recuperação judicial. As empresas Independência S.

Cuiabá, 31 - O Grupo Independência pagou hoje aos pecuaristas a primeira parcela de R$ 100 mil, referente ao acordo firmado na assembleia de credores realizada em novembro do ano passado para discutir o plano de recuperação judicial. As empresas Independência S.A. e Nova Carne Indústria de Alimentos Ltda depositaram R$ 152,4 milhões nas contas dos 1.524 pecuaristas credores de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Minas Gerais e Goiás. A dívida total do Grupo Independência soma aproximadamente R$ 3 bilhões, sendo que, desse montante, R$ 194 milhões referem-se ao gado entregue pelos pecuaristas para abate. Segundo a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), o pagamento da parcela de R$ 100 mil quita a dívida total de mais de 75% dos pecuaristas. Na 24ª parcela, a dívida será quitada, corrigida pela taxa Selic, a partir do pedido de recuperação judicial, no dia 27 de fevereiro de 2009. O superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vacari, disse que o setor comemora o desfecho desse processo, fruto da união do setor. "Pela primeira vez o pecuarista não ficou no prejuízo total e teve seu capital de volta." Vacari observou que a quebra do frigorífico provocou uma desestruturação na produção e nos negócios dos pecuaristas, pois o capital de giro ficou retido por mais de um ano; eles tiveram que pagar altos juros de mercado e perderam oportunidades de ampliar suas ações.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.