Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Grupo da Argentina interessado no Galeão

O grupo argentino Aeropuertos Argentina 2000 (AA 2000) - a maior rede privada de aeroportos do mundo, segundo o Conselho Internacional de Aeroportos-América Latina e Caribe (ACI-LAC) - confirmou ontem que participará da licitação para a concessão do Aeroporto Tom Jobim (Galeão), no Rio. O grupo, que na Argentina controla desde 1998 os 33 principais aeroportos do total de 57 que o país possui (uma concessão de 30 anos de duração), há tempos estava de olho no aparecimento de uma oportunidade no mercado brasileiro.

Agência Estado |

A chance surgiu com o anúncio da inclusão dos aeroportos do Galeão e de Viracopos no Plano Nacional de Desestatização (PND), na semana passada. Segundo o AA 2000, o grupo aguarda agora o lançamento do edital da concessão. A expectativa no Brasil é que os estudos para a privatização sejam concluídos no primeiro trimestre de 2009 e que o edital seja lançado até o final do ano.

Além da Argentina, o AA 2000 controla os dois mais movimentados aeroportos do Uruguai - os de Montevidéu e Punta del Este. O grupo também controla o aeroporto da cidade de Guayaquil, a maior do Equador, e o de Zvarnots, na Armênia, além de aeroportos secundários em cidades italianas como Nápoles e Gênova. Na Venezuela, o grupo modernizou o aeroporto de La Fría, no Estado de Táchira. O AA 2000 também está interessada no controle do aeroporto da cidade colombiana de Medellín, que está em processo de licitação. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG