O principal grupo armado do sul da Nigéria, o Mend, indicou neste sábado que havia destruído um importante oleoduto pertencente à companhia anglo-holandesa Shell, seu sexto ataque contra essa empresa em uma semana.

"Um importante oleoduto (...) propriedade da Shell Development Company foi destruído por Hurricane Barbarossa", o código da "guerra do petróleo" declarada pelo Mend há uma semana, indicou esse grupo insurgente em um comunicado.

Segundo os militantes do Mend, esse ataque ocorreu na noite de sexta-feira no estado de Rivers (sul).

smo/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.