Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Greve geral na Grécia afeta hospitais, escolas e aeroportos

Segundo as previsões do governo, desemprego no país aumentará para 14,5% até 2011, enquanto economia terá contração de 2,6%

EFE |

A greve de 24 horas convocada para hoje pela União de Trabalhadores Civis (Adedy) da Grécia vai provocar cancelamentos e atrasos em cerca de 100 voos e prejudicar os serviços nos ministérios, escolas e hospitais públicos.

Os controladores aéreos se juntarão aos protestos com uma greve de quatro horas, entre 9h e 13h (horários de Brasília), em todos os aeroportos do país. A Adedy protesta contra o plano de austeridade do Executivo grego, que inclui uma redução de 25% dos salários dos funcionários públicos.

A paralisação de 24 horas chegará aos ministérios e escolas públicas. Os hospitais do Estado atenderão apenas os casos de emergência.

Segundo as previsões do Governo grego, o desemprego no país aumentará para 14,5% até 2011, enquanto a economia sofrerá contração de 2,6%.

As estimativas pessimistas levaram as autoridades de Atenas a elaborar um plano econômico que inclui cortes salariais e aumento dos impostos, para tentar reduzir o enorme déficit público e a dívida da Grécia.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG