Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Greve e feriado fecham bancos na Argentina por 2 dias

Depois de protestos realizados hoje em Buenos Aires, os bancários argentinos decidiram cruzar os braços amanhã para pedir melhores salários. E na quinta-feira será feriado do Dia do Bancário, o que significa que os argentinos passarão dois dias sem bancos.

Agência Estado |

Durante os protestos de hoje, os manifestantes invadiram algumas agências, impedindo o trabalho dos que não aderiram ao movimento. O sindicato da categoria manteve reunião de conciliação com a associação de bancos junto ao Ministério do Trabalho, mas não houve negociação. O secretário de imprensa do sindicato, Eduardo Berrozpe, informou que os bancários querem um aumento de 1 mil pesos (cerca de R$ 630) e o funcionamento de uma comissão para discutir salários básicos.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG