O ex-presidente do banco central norte-americano, o Federal Reserve, Alan Greenspan, afirmou, hoje que mais instituições financeiras deverão enfrentar crises financeiras no futuro e que o governo dos Estados Unidos não deveria tentar proteger todas as instituições que apresentarem dificuldades. Segundo ele, o governo terá que fazer uma escolha difícil à medida que tenta arranjar uma forma de salvar o Lehman Brothers sem usar dinheiro público.

O leque de possíveis compradores para o banco de investimentos está se reduzindo enquanto as negociações continuam. A administração Bush está tentando evitar a repetição da solução encontrada para o Bear Stearns.

Greenspan disse que, se os esforços feitos não surtirem efeito, o governo terá que decidir se permite a liquidação do Lehman ou se irá apoiar a empresa. O ex-presidente do Fed disse que não está fazendo nenhuma recomendação porque ele não está ciente da real situação financeira do Lehman ou das repercussões que qualquer uma destas soluções terá. (AE-AP)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.