Taxa de retorno ao investidor foi de 3,65%, abaixo dos 4%, 4,5% esperados pelo mercado

A Grécia emitiu 1,95 bilhão de euros em títulos de três meses, com taxa de retorno ao investidor de 3,65%. Esse percentual ficou abaixo daquela previsto pelo mercado, que era de 4% a 4,5%. Apesar disso, a taxa segue superior àquela da última emissão com características parecidas, realizada em janeiro, quando o governo grego colocou títulos com retorno ao investidor de 1,67%.

A notícia foi conhecida na semana em que o Fundo Monetário Internacional (FMI) e representantes da Comissão Europeia (CE) e do Banco Central Europeu (BCE) vão se reunir para discutir o plano de resgate para a Grécia.

Ontem, segundo o jornal El País, uma delegação do Fundo conseguiu ir para Atenas. Agora, a expectativa é com relação à chegada de equipes da CE e do BCE. Os grupos não estavam conseguindo ir até seu destino por causa dos problemas no tráfego aéreo europeu em decorrência das cinzas de um vulcão da Islândia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.