Tamanho do texto

O governo da Grécia pediu hoje discussões com autoridades europeias e internacionais sobre o pacote de ajuda elaborado pela União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI), para o caso de o país precisar fazer uso do socorro. O pedido foi feito em uma carta escrita pelo ministro de Finanças, George Papaconstantinou, e divulgado pelo seu gabinete.

O governo da Grécia pediu hoje discussões com autoridades europeias e internacionais sobre o pacote de ajuda elaborado pela União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI), para o caso de o país precisar fazer uso do socorro. O pedido foi feito em uma carta escrita pelo ministro de Finanças, George Papaconstantinou, e divulgado pelo seu gabinete. A carta é endereçada ao comissário da União Europeia para Relações Monetárias, Olli Rehn, ao presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, e ao diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn.

"Em concordância com o comunicado de 11 de abril de 2010 sobre o suporte para a Grécia dos Estados membros da área do euro, as autoridades gregas estão pedindo discussões com a Comissão Europeia, o BCE e o FMI sobre um programa plurianual de políticas econômicas baseado nas conclusões (da reunião) do Ecofin de fevereiro que poderia ser sustentado por assistência financeira dos Estados membros da área do euro e o FMI, caso as autoridades gregas decidam pedir tal assistência", disse Papaconstantinou na carta. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.