O governo grego negou veementemente hoje que o país pretenda vender algumas de suas ilhas para reduzir seu déficit orçamentário

O governo grego negou veementemente hoje que o país pretenda vender algumas de suas ilhas para reduzir seu déficit orçamentário. Anteriormente, o jornal britânico The Guardian publicou uma reportagem afirmando que a Grécia se preparava para vender algumas de suas 6 mil ensolaradas ilhas, ou ao menos oferecer arrendamentos de longo prazo, para ajudar a equilibrar suas contas.

"O governo grego não tem envolvimento em qualquer venda das ilhas gregas... essas transações ocorrem entre partes privadas, o que não é nada de novo", afirmou o porta-voz do governo George Petalotis, em comunicado. "A ideia de que o governo grego está negociando com investidores russos e chineses para vender a ilha de Rodes é igualmente enganosa."

Sobre a ilha de Nafsika, o porta-voz admitiu que ela estava à venda, mas ressaltou que esta é uma propriedade privada, que está em mãos particulares há tempos. Em vários pontos de seu texto, Petalotis afirmou que a reportagem do Guardian era "insultante", "mentirosa" e "provocadora". As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.