O governo inglês jogou um banho de água fria sobre qualquer pretensão do Brasil de fazer avançar o acordo entre Europa e Mercosul, parado há anos por falta de entendimento entre os blocos. Os europeus, pressionados por Londres, avisaram ao Itamaraty que somente vão voltar a negociar se o Mercosul der provas concretas de que está disposto a abrir seu mercado.

No fim da semana passada, diplomatas em Brasília e Bruxelas voltaram a se falar para ver se havia alguma chance de retomar o processo. Mas a conversa resultou em fracasso, sem que sequer uma data para um encontro fosse definida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.