A Prefeitura de São Paulo discute amanhã, com o governo federal, a proposta de ampliação das pistas principal e auxiliar de Congonhas, na zona sul. O assunto já foi debatido ontem em Brasília - numa reunião entre o prefeito Kassab e o presidente Lula (mais informações nesta página) - e em São Paulo.

Na capital paulista, a discussão envolveu o prefeito, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e o governador, José Serra.

"É preciso deixar claro, no entanto, que essa extensão será apenas para melhorar a segurança. Não temos a idéia de aumentar o número de vôos e de passageiros em São Paulo, que está no limite", afirmou Jobim. Segundo ele, o movimento atual do aeroporto é de 7 milhões de passageiros por ano.

Para ampliar a pista principal no sentido do Jabaquara, Kassab calcula que seriam necessários R$ 400 milhões somente em desapropriações. "A própria comunidade é favorável à desapropriação e à ampliação da pista. Ninguém quer mais morar ali." Com as mudanças, seria criada ainda uma pista auxiliar para receber aviões com autoridades - com direito a um terminal específico renovado.

Outro assunto que será alvo de análises mais detalhadas é a cessão de parte do terreno do Aeroporto Campo de Marte para a construção de um parque municipal, com áreas de mata atlântica preservada. "Podemos também ampliar o Centro de Convenções do Anhembi, entre outros usos úteis para a cidade", explicou Serra. O governador e o ministro discutiram, também, a situação de outros aeroportos paulistas e, segundo Serra, o lançamento em breve do edital para privatização do Aeroporto de Viracopos, em Campinas. "Acreditamos que a concorrência sairá até abril do próximo ano."

Com relação ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, Jobim fez questão de ressaltar que as obras de revitalização e ampliação serão retomadas tão logo ocorra a liberação pelo Tribunal de Contas da União (TCU). "E temos a proposta de construir o quarto aeroporto na Região Metropolitana de São Paulo, embora ainda não tenhamos um local definido."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.