Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo venezuelano assumirá controle da maior mina de ouro do país

O governo da Venezuela assumirá o controle da mina de ouro Las Cristinas (Estado Bolívar, sudeste), uma das jazidas mais importantes do mundo, e que atualmente está em mãos da companhia canadense Crystallex, anunciou nesta quarta-feira o ministro das Minas, Rodolfo Sanz.

AFP |

"A mina será recuperada e será operada pela administração estatal", declarou Sanz, segundo comunicado distribuído pelo Ministério de Indústrias Básicas e Mineração.

Las Cristinas conta com reservas provadas e prováveis de ouro de 16,9 milhões de onças, segundo dados da Crystallex, uma empresa com sede em Toronto.

Até agora, não houve nenhuma reação oficial por parte da Crystallex e o governo venezueolano tampouco divulgou detalhes sobre como seria a operação de tomada de controle.

Nesta quarta-feira, as ações da Crystallex caíram 13 centavos ou 25,5% de seu valor, situando-se em 38 centavos na Bolsa de Toronto.

Segundo o ministro Sanz, a partir de 2009, a produção de ouro na Venezuela passará de 4,2 a 8,2 toneladas anuais.

Desde 2007, o presidente venezuelano Hugo Chávez nacionalizou setores estratégicos da economia como o petroleiro, siderúrgico, de eletricidade, além da fabricação de cimento e da indústria de telecomunicações.

rsr/bl/sd

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG