Brasília, 16 - O governo pretende lançar contratos de opção para três milhões de toneladas de milho. Esse volume será dividido em cinco leilões semanais, com oferta de 600 mil toneladas em cada leilão.

O primeiro leilão de opção para o milho está marcado para a próxima quinta-feira (19), com oferta de 200 mil toneladas no Paraná, 200 mil em Mato Grosso, 100 mil em Mato Grosso do Sul e 100 mil em Goiás.

O preço de exercício da opção é de R$ 18,84 por saca de 60 quilos em todos os estados envolvidos, exceto no Mato Grosso, onde o preço foi fixado em R$ 15,36 por saca. Na semana que vem, a venda dos contratos de opção será feita na quinta-feira (26). O vencimento das operações, fixado para 1º de setembro de 2009, pode ser antecipado para 1º de agosto.

Um contrato de opção sinaliza ao produto o preço futuro de um produto. Em 2008, o governo vendeu por esse mecanismo 2,7 milhões de toneladas de contrato de opção de produtos agrícolas, com um comprometimento de R$ 975,4 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.