O governo passará a cobrar 3% de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nas as operações de leasing em que a soma da entrada e das parcelas de arrendamento supere 75% do valor do bem. Atualmente, os contratos de arrendamento não são taxados de IOF, mas a Receita Federal queria equiparar o leasing às operações financeiras, que já pagam 3% de IOF.

A Receita não explicou o motivo da alteração na lei no momento em que o governo tem reduzido o IOF em vários setores para estimular as vendas. O leasing é um dos principais mecanismos de vendas de automóveis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.