Buenos Aires, 12 set (EFE) - O Governo argentino disse hoje que reservou no projeto do Orçamento 2009 uma verba de 600 milhões de pesos (US$ 192,9 milhões) para o funcionamento operacional da Aerolíneas Argentinas, a qual pretende comprar do grupo espanhol Marsans.

"Há uma verba de 600 milhões de pesos para atender ao funcionamento da empresa em 2009", disse em entrevista coletiva o ministro da Economia argentino, Carlos Fernández, ao dar detalhes do projeto de Orçamento que o Governo enviou hoje ao Parlamento para debate e aprovação.

O Governo argentino e a Marsans assinaram em 17 de julho um acordo pelo qual o Estado argentino comprará do grupo espanhol sua participação acionária na Aerolíneas Argentinas e suas subsidiárias por um valor que ainda não foi estabelecido.

Desde então e até meados de outubro, a companhia aérea é gerida por um comitê de transição dirigido por um funcionário do Governo argentino. EFE nk/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.