boi pirata para ações sociais - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Governo quer que frigoríficos usem boi pirata para ações sociais

Brasília, 04 - Depois de três tentativas de vender os 3.046 bois piratas que eram criados na Estação Ecológica Terra do Meio, em Altamira (PA), o governo estuda a possibilidade de fazer uma permuta com frigoríficos para abate e distribuição da carne dos animais para os programas sociais.

Agência Estado |

A informação é do diretor de proteção do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Flávio Montiel.

A operação funcionaria da seguinte maneira: o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) abriria um edital recrutando frigoríficos que tivessem interesse em participar da operação. As empresas interessadas receberiam os animais e se comprometeriam a entregar volume de equivalente de carne aos gerenciadores dos programas sociais. Os frigoríficos que tiverem interesse em participar do mecanismo que pode ser adotado pelo governo não terão nenhum tipo de benefício econômico. "Será uma ação social", disse Montiel.

Segundo o diretor, não está descartada, no entanto, uma quarta tentativa para vender os lotes. O leilão pode acontecer na terça-feira da próxima semana. A realização do leilão depende de uma decisão da justiça, já que houve um questionamento sobre a decisão do governo de reduzir em 60% o preço do lote. A área jurídica do Ibama explicou que há dois questionamentos na Justiça. O primeiro é sobre a propriedade do rebanho e o segundo é sobre o preço de venda. Essas ações fizeram com que o leilão previsto para amanhã fosse adiado.

De acordo com Montiel, a situação do gado é boa e é possível a manutenção do rebanho no local por um período de até 60 dias. Ele lembrou que o gado foi vacinado em junho e que a imunização vale por um período de seis meses e que não falta comida na região. "A área desmatada na região é de mais de 2 mil hectares", disse.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG